Descubra 5 dicas para um casal prospero - Evolução Web

Descubra 5 dicas para um casal prospero

Descubra 5 dicas para um casal prospero

Quando o casal começa a fazer planos para o futuro ou resolve morar junto, as discussões sobre dinheiro costumam aparecer. Principalmente neste estágio, o relacionamento vira uma espécie de sociedade e o casal tem que administrar contas, emergências e planos futuros.
Porém, o relacionamento pode facilitar a vida financeira, ao dividir as responsabilidades, e não o dinheiro virar motivo de brigas entre o casal. Confira 5 dicas para casal e não deixe a administração dos recursos causar problemas no seu relacionamento:

Uma das 5 dicas para casal é Comunique-se​

Não existe uma resposta certa sobre planejamento financeiro. Ou seja cada casal tem o seu modo de administrar os gastos. Por isso a comunicação é indispensável para que ambos entendam as prioridades, expectativas e responsabilidades de cada um. Embora é importante não manter segredos: seja sincero com o seu parceiro sobre a sua situação financeira e dívidas.

Trabalhe em equipe

Geralmente, um dos parceiros é o responsável por administrar as finanças, ainda que haja contribuição de ambos. Mesmo que um fique responsável por gerenciar os recursos no dia a dia. Portanto é fundamental que as decisões sejam tomadas juntas e que ambos estejam a par da situação. Criem o hábito de se sentar com o seu parceiro pelo menos uma vez por mês para pagar as contas. Afinal é importante discutir despesas e estabelecer ou revisar seus planos.

Dica extra " Dinheiro de casal 3 dicas PODEROSA"


Estabeleça metas

Converse com o seu parceiro e estabeleçam juntos seus objetivos. Sendo de curto (até um ano), médio (de um a dez anos) e de longo prazo (acima de dez anos). Pensando a longo prazo, vocês terão mais facilidade com o controle de gastos, evitando despesas supérfluas e conseguindo atingir as metas com mais facilidade.

Previna-se

É comum as pessoas pensarem que não ganham o suficiente pra economizar para um imprevisto ou que não tem com o que se preocupar ainda. Esse é o erro mais comum sobre planejamento financeiro: não se preparar para emergências. Pois a falta de um “plano B” pode causar estresse e brigas entre o casal caso ocorra algum contratempo. Então não deixe de criar uma poupança para os imprevistos.

Encoraje a autonomia

No outro extremo, é comum achar que as duas partes de um casal terão ou devem ter estilos de gastos iguais. As pessoas são diferentes e tem prioridades diferentes. Dividam as contas da maneira que parecer mais justo, juntem dinheiro para planos futuros, mas não deixem de reservar dinheiro para cada um gastar como julgar melhor.
E vocês? Como administram as contas do casal? Sugerem algum outra dica?
Fonte: Assessoria de Imprensa Finanças Pessoais App